30 de Outubro de 2008
Voltar atrás
Indústria de gesso arranca com produção  

A primeira indústria de gesso do país, localizada no Alto Chingo, na cidade do Sumbe, província do Kwanza-Sul, arrancou a 27 de Outubro, em fase experimental, para produzir mensalmente seis mil toneladas da gipsita para a indústria de cimento e do gesso para a construção civil.
Segundo soube o Jornal de Angola, de uma fonte afecta a empresa Super Gesso, a Fábrica

de Gesso do Sumbe tem a inauguração prevista para os próximos 20 dias. O empreendimento foi erguido numa área de 15 hectares, com finalidade de produzir produtos com a patente “Super Gesso”, que estarão disponível em sacos de 30 quilogramas e de uma tonelada e meia.
Os produtos Super Gesso serão a gipsita britada, usada no fabrico de cimento, o gesso agrícola, que funciona como facilitador não químico do sistema radicular, e o gesso calcinado para a construção civil. O jazigo que sustenta essa primeira fábrica angolana de gesso tem reservas suficientes para suportar uma produção diária durante 400 anos.
O renascer de uma nova área industrial em Angola passa agora por um solo calcário do município do Sumbe, que é limpo totalmente até se encontrar a gipsita, uma pedra muito fácil de britar, pelas suas características e dureza pouco consistente. FONTE: JA